Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2018

Todos fazem o seu melhor a cada momento

Imagem
Alémda motivação básica que é a busca pela felicidade (veja o post anterior), todo ser humano busca sempre dar o melhor para momento atual.

Mesmo quando a pessoa faz algo com pouca qualidade ou até mesmo considerado ruim, naquele momento é o melhor que ela pode fazer. Ninguém faz o seu pior deliberadamente.

Isto porquê existe um limite máximo para o momento, um teto. A notícia boa é que sempre podemos ampliar este limite ativando nossas potencialidades internas.

Temos uma sabedoria e pontecialidade infinita dentro de nós e que podem ser ativadas através de experiências, estudos, insights, ou através de processos de Coaching & Mentoring.

Nos processos de Coaching & Mentoring do Sistema ISOR, consideramos estas duas motivações básicas do ser humano: todos buscam a felicidade e todos fazem o seu melhor a cada momento.

Coaching & Mentoring é, em parte, um processo racional e operacional, que funciona a partir de conhecimentos, planos e metas. Porém, o verdadeiro sucesso não vem d…

Todos nós buscamos a felicidade

Imagem
Todos nós, seres humanos, possuímos uma motivação básica: a busca pela felicidade. Queremos ser felizes.
Todas as nossas decisões e tudo que o fazemos é em busca pela felicidade.
De forma consciente ou inconsciente acreditados que aquilo que fazemos nos trará a felicidade ou bem estar.
A felicidade construída, dependente ou externa é condicionada a realização ou a conquista de algo.
As nossas conquistas, realizações, promoções, elegidos que recebemos, a compra de um bem, a participação em uma festa, nos propicia uma felicidade construída, externa e temporária.
Quando este momento passa, termina, voltamos a nos sentir insatisfeitos ou infelizes.
Esta é a felicidade mais conhecida e buscada pela maioria das pessoas, através de fatores externos, construídos em suas mentes.
Ela cria um círculo vicioso, sem fim, onde sempre estamos buscando a felicidade no futuro, gerando ansiedade e insatisfação.
Mas existe outra felicidade, pouco conhecida e praticada, que está sempre a disposição e não precisa …